quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Sinfonia de Fungadelas

Já lá vai o tempo em que eu não me importava de apanhar uma constipaçãozita para ficar em casa um bom par de dias.
Agora, fujo dos virús a todo o custo, mas hoje, no metro, fui particularmente ameaçada.
Ou estava especialmente desperta e vigilante - o que não é provável, porque estava a acabar de acordar - ou aquilo foi uma verdadeira sinfonia de fungadelas. Mas fungadelas não externas, isto é, não para o lenço, mas daquelas fungadelas internas, em que o pessoal aperta as narinas e inspira-as, "Ai, deixa ver se não foges". Quanto estava prestes a dar o tilt, perante tamanho ruído perturbador, a minha mente inventiva salvou-me. Imaginei a próxima publicidade para o Cêgripe, Antigripine ou semelhantes: uma opereta de música de fundo e actores a fungarem-se em câmara lenta... Mote do anúncio? Não ofereça concertos com o instrumento errado...

E lembrem-se: se chegarem a ver esta ideia na televisão, fui eu que disse primeiro!

E não se esqueçam: há dias em que eu escrevo sobre coisas decentes.

13 comentários:

  1. LOL! Muito bom :D pode ser que os senhores do Cêgripe leiam este post, eheh. * beijinho

    ResponderEliminar
  2. estamos na altura das gripes!

    toda a gente que conheco levou cm uma nas ultimas férias!

    ResponderEliminar
  3. Meu Deus... essa foi de génio!

    VENDE ISSO!

    ResponderEliminar
  4. Lol, foge desses bicharocos!
    Beijinhos,
    Sofia

    ResponderEliminar
  5. Ahah xD a sério, ideia a vender essa!!

    ResponderEliminar
  6. Andas muito criativa. Vê lá, não inventes textos literários para publicidade, incompatíveis com o desempenho profissional, que depois te obriguem a devolver o cheque loool.

    ResponderEliminar
  7. Ahahaha, isso dava um óptimo slogan!!
    Beijinhos *

    ResponderEliminar
  8. tens uma imaginação mesmo fértil. olha quie está uma ideia muito boa, quem sabe se não fazes dinheiro com isso :)

    ResponderEliminar

Não resisto às novidades do Mundo Lá Fora. Contem-me tudo, tudinho!