sábado, 29 de outubro de 2011

Se vos disser que os últimos dias foram dos mais aflitivos da minha vida...

... não estarei a mentir. Os piores não foram certamente, apesar de, voltas tantas, ter declarado que sim, que um destes dias foi o pior de todo o sempre. Estou a exagerar, eu sei. Chorei um bocadinho, zanguei-me comigo mesma de uma forma que não gosto de me zangar. É difícil chatearmo-nos com outras pessoas, mas quando nos chateamos e desapontamos connosco mesmos é terrível. Um peso estúpido e brutal... Assim, apesar de não ter tido os piores dias, nunca me senti tão triste comigo mesma.

Ausentei-me entretanto, mas cá estou eu de novo. Se gosto de mim, tenho de me aceitar nos piores e melhores momentos e convencer-me de que não são os piores momentos que definem o meu valor. Tal como não são os bons que dão por inteiro, também não são os maus que tiram por inteiro. A todos vocês, peço uma coisa: exijam-me, mas exijam mesmo, que retempere energias urgentemente e vos traga o melhor de mim. Porque eu quero. E porque não há melhor forma de resolver esta zanga do que fazer alguma coisa que me devolva o valor, que ainda estúpida e cegamente, estou a retirar à pessoa que devia ser o meu primeiro e último amor: eu.

Eu sei que não podemos estar felizes todos os dias, mas também não podemos estar infelizes para sempre. Amanhã será um novo dia e trago uma grande proposta para todos.

16 comentários:

  1. O melhor conselho que já me deram: não podes pensar isso de ti porque, no fim, serás sempre tu e, haverá eventualmente, um momento em que serás só tu. Temos de gostar de nós :)

    ResponderEliminar
  2. eu também me senti assim a pouco tempo mas a verdade é que, como dizer, 'a vida continua' e há que viver todos os dias!

    ResponderEliminar
  3. Não te recrimines por te zangares contigo mesma :) acontece com toda a gente! Força aí Mary! Aproveita o fim-de-semana para te distraires ;)

    ResponderEliminar
  4. e de certeza que vai passar ... tudo muda, um sorriso vá ;)

    **

    ResponderEliminar
  5. Tem calma, e não te critiques. Todos erramos, todos falhamos mas todos aprendemos :) Vai tudo correr bem e sim, amanhã vai ser um novo dia*

    ResponderEliminar
  6. Aprendemos muito mais sobre nós neste momentos que em todos os outros.
    Apenas nos momentos em que não somos, aprendemos o que somos.

    Eu estou a aprender muito sobre mim agora...

    Adoro ler-te Mary Jane, e a minha palavra para ti será sempre: de bem com a vida.

    ResponderEliminar
  7. Girly é a minha conta do girly things, sou a Cris. esta treta está com o perfil errado.

    ResponderEliminar
  8. Mary, Mary, Mary, não gosto nada de saber destas coisas! Quero que estejas sempre feliz! :)
    É óbvio que é normal às vezes sentirmo-nos assim, mas o importante é não deixar que isso nos deite abaixo por tempo indefinido nem fazer dessas coisas o fim do mundo. Todos nós ficamos tristes connosco e com os outros, mas convém não dar mais importância do que isso merece. Vá, ânimo nesse coraçãozinho e toca a aproveitar o resto do fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  9. Acontece a todos nós. Agora tens é de voltares a sorrir para ti mesma. **

    ResponderEliminar
  10. A vida é feito de altos e baixos, e se hoje estás mal, de certeza que amanha estarás melhor, contigo mesmo e com os outros. Acredita em ti, tens valor e és uma boa pessoa, e isso já é muito. Não somos perfeitos e lembra-te sempre disse quando pensares que gostarias de ser mais assim ou assado. Todos cometemos erros e só nos temos que aceitar assim. Afinal, cada um à sua maneira tem o seu Q de fascinio :)
    beijinhos e cabeça erguida!

    ResponderEliminar
  11. Li algures uma vez que "Não podemos vencer todos os dias". Há-de haver sempre dias bons e dias menos bons. O importante é não baixarmos a guarda, não nos esquecermos de nós próprios nem de valorizar aquilo que nos faz feliz...

    ResponderEliminar
  12. Parece que cheguei tarde, pois já li o post seguinte e sei que já tá mais animada. ainda bem! O que eu ia dizer (pode ser útil para a próxima), eram uns versos que uma amiga me ensinou um dia: "depois de um dia tristonho, de mágoas e agonias, vem outro alegre e risonho, são assim todos os dias"

    ResponderEliminar
  13. querida, isso é absolutamente compreensível.. há dias em que fazemos coisas que fazem com que ficamos desiludidos com nós próprios.. mas tu és muito mais do que isso! podes ter a certeza. ninguém é perfeito.. que graça teria se fôssemos todos perfeitinhos e bonzinhos e não sei quê? :) volta, e volta em grande!

    ResponderEliminar
  14. Infelizmente há dias assim, mas tu és uma pessoa forte e já conseguiste superar uma parte dessa agonia.
    Como vês, esta "família" é fantástica nestes momento.

    ResponderEliminar
  15. (há dias assim... força para dar a volta a isso!)

    Então... toca a animar, que queremos a Mary Jane aqui por inteiro, com toda a graça e animação a que já nos habituou ;)

    ResponderEliminar

Não resisto às novidades do Mundo Lá Fora. Contem-me tudo, tudinho!