quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

O meu objecto? Yo-yo

Quando nos questionários do costume aparecia uma questão em que me era pedido que me identificasse com um objecto, eu escolhia um lápis. Porque como escreve Pedro Paixão "Quem inventou as palavras inventou o mundo" e a partir da palavra que um lápis nos permite criar podemos criar tudo, viver palavras que apaziguam e viver palavras que incendeiam. Além de que com um lápis, em vez de uma caneta, existe a possibilidade de apagar e recriar. E eu gostava de me ver como um lápis, uma criadora fantástica.


Nos últimos tempos, por muito que o lápis me seja útil e não o largue, acho que substituía o lápis,  que sempre escolhi para me identificar, e adoptaria um yo-yo.

Emocionalmente, não há melhor imagem para me descrever neste momento. Balanço incrivelmente e quando parece que estou a cair descontroladamente, lá me sinto a voltar para cima, umas vezes suave, outras rápida e entusiasticamente. Entretanto penso que nunca mais vou cair, e quando dou por mim estou em queda acelerada...


10 comentários:

  1. Neste momento também acho que me identifico mais com um yo-yo.. e por acaso nunca foi objecto que gostasse --'

    ResponderEliminar
  2. são fases :) espero que voltes ao lápis.. se bem que não é mau ser um yo-yo. tens impulso para voltar para cima, rapariga!

    ResponderEliminar
  3. Eu bem que podia ser as duas coisas, se bem que felizmente o yo-yo tem-me identificado muito pouco ultimamente...

    ResponderEliminar
  4. Olá!
    É um grande prazer conhecer seu blog e poder ler o que escreves.
    Acredito que quando escrevemos com prazer conquistamos amigos e fiéis amantes das palavras. Sabemos o quanto é difícil levar a nossa voz, as nossas angustias os nossos sonhos às pessoas. Mas o mais importante é saber que você e eu gostamos daquilo que fazemos.E acreditamos que o mundo pode se tornar bem melhor através de nossos escritos.
    Grande abraço
    Se cuida

    ResponderEliminar
  5. excelentes metáforas sweetie**

    boa noite princesa :)

    ResponderEliminar
  6. Gostei das escolhas, acho que tal como tu agora me identifico mais com o Yo Yo só desejo que a corta não se parta.
    =)

    * * *

    ResponderEliminar
  7. Estamos em sintonia. Ultimamente esse tem sido o meu estado natural, ora em cima, ora em baixo. E quando caiu é de forma abrupta e primeiro que me levante.
    Fases...acho eu...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Apesar de até compreender porquê a mudança para o yo-yo, acho que me identifico mais com o lápis...gosto de me exprimir por palavras escritas, onde ninguém me interrompo e eu posso ponderar muito bem no que estou a dizer, se não gostar posso sempre apagar e reescrever

    ResponderEliminar

Não resisto às novidades do Mundo Lá Fora. Contem-me tudo, tudinho!