sábado, 4 de fevereiro de 2012

Tudo se resume a dar lustre ao ego

M. J.: Acho que me vou dedicar a ler o Crepúsculo. Já que a Stephanie Meyer deixou lá todas as inseguranças femininas, pode ser que me ache uma pessoa normal.
A: Ai não, o crepusculo não! Vais ficar igual à Bela e sentir tudo o que ela sente. Má escolha!
M. J.: Ah ah ah, eu não ia ler!
A: Vê mas é filmes de porrada e comédias estúpidas! M. J.: Comédias românticas não pode ser que é deprimente!
A: Não, tem que ser coisas estúpidas, tipo A Ressaca.
M. J.: Pois, mas A Ressaca acaba em casamento.
A: É pá, então não sei... Vamos beber uns copos!
M. J.: Dar de beber à dor?
A: Dar lustre ao ego!



6 comentários:

  1. beber. parece-me bem xD mas sem um telemóvel por perto, que pode dar mau resultado! if you know what i mean.. ahahah

    ResponderEliminar
  2. beber muitas vezes é uma grande solução :p

    ResponderEliminar
  3. São duas formas diferentes de ver a coisa! Gostei!;)

    ResponderEliminar
  4. Nem mais!
    Sair, beber um copo e ter a companhia de amigos ;) bons amigos.

    ResponderEliminar

Não resisto às novidades do Mundo Lá Fora. Contem-me tudo, tudinho!