segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Mary Jane is reading you #1: Guess So, Guess Not...

A melhor forma de explicar a admiração que sinto pela Ana, autora do "Guess So, Guess Not..." é talvez recorrer a uma metáfora. Quando vou ao blog da Ana, sinto a mesma admiração que sentia quando ali no 7º ano olhava quase com reverência para os tipos (incluindo aqui tipas também!) do 12º ano. Está bem que eles não eram enormes em estatura - como aquela diferença que eu sentia do 1º para o 4º ano - mas havia qualquer coisa neles, na postura deles, na forma como andavam e falavam que fazia deles alguém diferente, "maior" do que eu. A Ana é assim. Uma pessoa mais velha do que eu para quem eu olho e penso Se daqui a uns anitos eu for assim, não estou nada mal.



Estou certa também que a ideia que formamos pode dizer tanto acerca de nós como da pessoa sobre quem falamos pelos detalhes que decidimos destacar.  Por isso eu cá confesso que lhe invejo a capacidade para dormir em qualquer lado e o facto de ter ido três dias ao Rock in Rio, só na última edição, não tendo eu posto os pés lá uma única vez. Mas, principalmente, invejo muito o facto de quase sempre que pouso os olhos no blog dela ficar lá não só a ler mas a pensar também. Acho que isto se diz das pessoas que nos inspiram. De resto, gosto das vírgulas sempre no sítio, gosto dos posts a dizer o que, como apetece e quando apetece (a Ana não é daqueles bloggers com dia marcado para bloggar nem tem como regra um post por dia). Gosto da agitação serena nos posts que tecem reflexões acerca da vida - como o facto de apanhar choques frequentemente - acerca das relações humanas - como aquele em que explica como crescer com homens influenciou a sua forma de estar e ser - ou sobre a própria forma da Ana ser com os outros - acessível e apaixonada. Ao mesmo tempo gosto da capacidade que ela tem de convocar todos os seguidores à sala de reuniões porque se andam para aí a queixar de uma configuração do blogger que afinal se resolve, porque não têm uma opção marcada tal como ela quer ou simplesmente porque se apercebe que há quem comenta só para marcar presença. Sobretudo gosto da independência que leio na Ana. Daquele Sei bem quem sou e o que quero.

Por isto, quando chegou a altura de escolher a primeira pessoa para a rubrica que hoje inauguro, "Mary Jane is reading you", não houve dúvidas. Tinha de ser a Ana.

P.S. - Diz que a Ana vai ver JLo no mesmo recinto que eu. Nem sei se vou estar em mim com a possibilidade de qualquer pessoa do sexo feminino que passe por mim poder ser a Ana.

9 comentários:

  1. Não conheço mas já vou visitar! Estes teus textos cativam-me sempre :)

    ResponderEliminar
  2. que rubrica interessante, às vezes confesso que tenho preguiça de conhecer blogs novos ;p vou já espreitar.

    ResponderEliminar
  3. Ai Mary Jane...! Eu, que estava aqui a dormitar no sofá (lá está, ferro a dormir a qualquer hora), até abri a pestana mais depressa quando comecei a ler isto!

    Já disse várias vezes, e não me canso de repetir, que estes quase sete anos de blogosfera têm-me trazido coisas muito boas, e a melhor delas todas é esta troca, esta partilha de ideias, que faz com que pessoas que nunca se viram se conheçam quase tão bem como se de um amigo real se tratasse. E foi o que senti ao ler este texto, que conseguiste descrever-me melhor que muita gente que convive comigo conseguiria fazer (só tenho as minhas dúvidas em relação ao colocar sempre as vírgulas no sítio mas, pelos vistos, lá vou acertando:D).

    Deixo-te um sorriso pelas palavras e um obrigada por estares aí e fazeres parte daquelas que eu também tanto gosto de ler:)

    (e quanto à JLo, confirmando-se a minha ida, pode-se sempre combinar um face to face, porque não?)




    ResponderEliminar
  4. Esperança de que um dia you´ll be reading me!
    Ps- Gosto de ideias novas na blogosfera; esta tua nova rúbrica vem destacar-se de tudo o resto. Grande ideia!

    ResponderEliminar
  5. Não conhecia Mary, mas já lá passei e também gostei do que li. Parabéns pela rubrica ;)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. um também gosto muito do blog da Ana! :)

    ResponderEliminar
  7. Obrigada pelo elogio (':
    É bom saber que temos a mesma perspectiva e fico muito feliz que tenhas gostado, apesar de saber que não tenho nem metade das tuas capacidades!
    E sim, chamo-me mesmo Carolina (:

    ResponderEliminar
  8. Uma Rapariga Simples,
    não vais querer outra coisa ;)

    Carolina,
    espreita, há ali uma pessoa com dom na caneta como tu gostas, podes crer!

    Hermione,
    os meus planos são ter um "Mary Jane is reading you" por semana. Mas ando sempre a dar a volta aos planos :P

    Ana,
    bolas, dormitar no sofá? Não sei o que isso é! Tens de me ensinar a fazer essa actividade extremamente complexa.
    Obrigada pelo sorriso, mas, desta vez, nem um sorriso era preciso. É lamechas, mas chega ler-te.

    (quanto à Jlo as recentes mudanças na minha vida fizeram-me largar este plano, assim no diazinho em que iria ter o bilhete na mão :P)

    O Sexo e a Idade,
    I'm actually already reading you! Mas eu hei-de falar de todos que por mim passam (espero!)

    S.o.l.,
    só partilho o que é bom (pelo menos para mim :D)

    ...Ju...,
    és pessoa de bom gosto, eu já sabia :P

    Carolina,
    que coisa das capacidades? É só uma questão de estilo. Temos estilos diferentes. E estilo tens tu que foste à Victoria's Secret de NYC :D

    ResponderEliminar

Não resisto às novidades do Mundo Lá Fora. Contem-me tudo, tudinho!