sábado, 16 de fevereiro de 2013

Mary Jane Superstar

Até posso nem ser, mas durante alguns momentos senti-me como se fosse. Ontem à noite a presidenta olhou-me com ar de bambi e pediu-me que fosse eu a fazer o discurso social em nome da direção às massas  presentes porque já sabes que a mim é só de papel e eu não preparei nada. É pá, não sei, também não me preparei, não estou completamente a par deste projeto e merece algo preparado...

Mas pronto, saiu. Saiu porque o raio da presidenta é sempre a sacrificada nos momentos públicos e a bem dizer é coisa que nem me custa. E assim o discurso o que perdeu em preparação, ganhou em espontaneidade. Saiu natural e com descontração, sem palavras complicadas, mas com uma mensagem clara e incisiva. O resto da direção, mal eu regressei à mesa, comunicou-me que fui nomeada por unanimidade porta-voz, o M. disse dás um show, o director técnico deu-me os parabéns e disse que fui a primeira pessoa que disse efectivamente alguma coisa e pessoas que não conheço também vieram dar dois beijinhos e parabéns. A jornalista presente recomendou à presidenta que daí em diante fosse eu a falar em eventos públicos. 

Eu reagi com naturalidade, nasci para os holofotes ;)

17 comentários:

  1. que bom =) se falaste tão bem como escreves aqui no blog foi óptimo mesmo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Normalmente aqui escrevo que é um exagero; lá fui mais sucinta e usei as ferramentas que posso aliar a um bom discurso: pausas, entoação.

      Eliminar
  2. noutra vida foste uma queen, de certeza :P
    fico contente por ti! por eles terem gostado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também acho. Não fazia nada e mandava tudo aparecer feito :D

      Eliminar
  3. Parabéns! É sempre bom quando fazemos um brilharete no emprego ;D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não foi no emprego, mas foi numa coisa que também poderá dar pontos :P

      Eliminar
  4. Boa! És um poço (dos que não afogam pessoas) de surpresas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se as surpresas forem em excesso até posso afogar :D

      Eliminar
  5. a frase final... tu és um espectáculo :)

    ResponderEliminar
  6. Boa mulher! Tu não brincas em serviço! :D beijoca

    ResponderEliminar
  7. Tens à vontade para plateias e capacidade de improviso!
    Muito bem!!

    ResponderEliminar

Não resisto às novidades do Mundo Lá Fora. Contem-me tudo, tudinho!