domingo, 11 de setembro de 2011

Às vezes também sou menos cor-de-rosa

Por muito que veja o mundo cor-de-rosa, também acumulo as minhas decepções. Decepções com algumas pessoas. Na maior parte das vezes a coisa resolve-se sem dramatismos: vem-se a observar que não somos compatíveis e aqui não há culpados, não funciona, pronto. 

Há outras situações em que sofro um bocado mais, sobretudo quando é com pessoas próximas ou que julgava próximas. Em parte acredito que a principal responsável por essas decepções sou eu, porque tenho algumas expectativas para as pessoas às quais elas não correspondem. Hoje estou particularmente incomodada com o que chamo de egoísmo, falta de interesse e falta de sensibilidade (até era capaz de dizer mais coisas, mas isto é um blog, sei lá quem chega até aqui!). Quando estamos bem, é espectacular, somos as melhores companhias do mundo, quando estamos em baixo, é pá, é demasiado chato estarmos em baixo, até temos culpa de estarmos em baixo. Especialmente porque tivemos azar no dia... Acertamos num dia em que há tantas programas giros e não dava jeito nenhum. Então aí todo o apoio recebido será, ainda que não expresso de forma tão directa: que estado é esse, em baixo? Põe-te para cima imediatamente que estares assim não me dá jeito!


Tenho que me recompor. Amanhã é um dia importante e estou com um humor de cão.

13 comentários:

  1. Mary, às vezes as ilusões e depois desilusões acontecem quando menos esperamos. Já estive algumas bem grandes no passado que hoje, quando ainda penso nelas fico triste e penso se poderia ser diferente. Mas não. As coisas são como são, e por mais que queremos que tudo dê certo, não depende só de nós. Hoje estás num dia menos bom, mais cinzento, todos nós temos esses dias, uns mais outros menos, temos é que dar um pouco mais de cor e pensar que amanha será um dia novo, e bem melhor que este :) As amizades e as companhias não servem só para quando estamos bem, sorridentes, bem dispostos e quando alinhamos em tudo, ou mesmo quando mais ninguém está disponível. Isso chama-se interesse e dos grandes. Há dias em que só nos apetece um abraço, um apoio ou um sorriso. Chega e é suficiente para alegrar o nosso dia.
    Beijinhos e se precisares de falar, apesar de não nos conhecermos, sabes onde é o meu cantinho :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. A essas pessoas, chama-se de "falsos amigos". Só estão cá para o bem. Quando há o mal, fogem a sete pés. Melhor mesmo que se descubram a tempo de os mandar embora e nunca mais os deixar entrar.

    Espero que o teu humor mude até amanhã!
    Força :)

    ResponderEliminar
  3. Acontece a todos nós.
    Nesses meus dias gosto que me respeitem. E geralmente, como é raro estar assim, querem-nos ver como sempre nos vêem. Talvez não seja por mal, talvez seja uma maneira de puxarem por nós, ainda que por vezes precisemos de estar assim: com um humor de cão. É, todos têm os seus dias...

    ResponderEliminar
  4. Olha ultimamente ando com variações de humor, é demasiado stress à minha volta, algumas desilusões...e sabes a que conclusão chego? !Que não vale a pena...a vida são dois dias, temos é que aproveitar!

    ResponderEliminar
  5. força Mary. de certeza que isso já aconteceu pelo menos uma vez na vida a toda a gente. custa sempre, mas vamos ganhando calo. assim vamos seleccionando quem realmente queremos ter ao nosso lado.

    ResponderEliminar
  6. Como te entendo! Infelizmente também me sinto assim muitas vezes. O egoísmo dá cabo de mim, não consigo lidar com as pessoas que amo mas que agem de forma egoísta. Do que esperam de mim nos momentos bons e me afastam nos maus.

    Só te posso dizer uma palavra: Força!

    ResponderEliminar
  7. Ah...e espero que tenhas gostado do filme. Eu gostei muito.

    ResponderEliminar
  8. acho que mesmo que fosse uma pessoa da qual nao esperasses nada, levar com uma reacção dessas de alguem quando nao estamos bem nao cai nbem, nao cai nunca nada bem...
    foi como escrevi uma vez num blog: ninguem gosta de gente feliz, mas tambem ninguem gosta de estar perto de gente infeliz!
    e assim fica complicado...

    ResponderEliminar
  9. Pois, as desilusões vêm sempre daqueles sobre quem criamos as maiores expectativas.
    De quem nunca esperámos nada, tudo o que vier é lucro.
    As melhoras. lol

    ResponderEliminar
  10. Tens um mini desafio no meu blog. espero que estejas melhor, de certeza que estás :)
    beijinhos

    ResponderEliminar

Não resisto às novidades do Mundo Lá Fora. Contem-me tudo, tudinho!