sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Coisas que subtilmente falam da minha relação com o àlcool

Estive seguramente 2 minutos - e 2 minutos para o que é, é muito tempo - para tirar a rolha de uma garrafa de vinho. Depois de estar a maior parte do tempo a puxar pela rolha, lembrei-me que era eventualmente melhor ideia rodar. 

Ufa, agora já sei como retirar uma rolha de forma charmosa em caso de necessidade.

E não, não foi para eu própria beber um copito a comemorar a sexta-feira. Foi para o tempero do manjar familiar...

8 comentários:

  1. Mas tb se fosse para beber um copito não fazia mal nenhum né??? lol bjs e bom final de semana....

    http://www.spiaggealecrimecia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. por isso é que essa tarefa cabe sempre aos homens ;p

    ResponderEliminar
  3. Ouro sobre azul é tirares a rolha e não deixares metade na garrafa.

    ResponderEliminar
  4. Confesso que nunca experimentei! Mas vai chegar o dia;)

    ResponderEliminar
  5. Se cozinho e uso cerveja é um gole para mim e outro para a comida. Parece-me bem :)

    ResponderEliminar

Não resisto às novidades do Mundo Lá Fora. Contem-me tudo, tudinho!